Weby shortcut
  • Medicina em Concerto tem este mês Recital de Piano Solo

                            O Medicina em Concerto,   projeto cultural da Faculdade de Medicina da UFG,  tem nova apresentação neste mês de junho, dia 25, com o Recital de Música Brasileira para Piano Solo, pelo pianista Robervaldo Linhares Rosa.  O recital, como sempre, será às 19h30m no Teatro Asklepiós da FM/UFG, com acesso pela Rua 235 – Setor Leste Universitário, com entrada franca.

                                   Do seu repertório,  o pianista  Robervaldo Linhares Rosa escolheu 10 peças para esta apresentação,  quando irá interpretar  composições destacadas de Gilberto Mendes, Edino Krieger, Ronaldo Miranda, Almeida Prado, Lina Pesce, Francisca Gonzaga, Amélia Brandão, Aurélio Cavalcanti,  Ernesto Nazareth e Zequinha de Abreu.

                                  Robervaldo Linhares Rosa é detentor dos melhores elogios de vários compositores, entre eles Almeida Prado e Ricardo Tacuchian, pela  interpretação  que dá às suas peças ao piano. Segundo esses compositores,  o pianista interpreta suas criações com grande maestria, harmonizando delicadeza de toque com força de expressão como poucos intérpretes conseguem alcançar.

                                Bacharel em Música e Piano pela UFG, mestre e doutor pela UnB, o pianista e musicólogo é professor na  Escola de Música  e Artes Cênicas (EMAC/UFG)  desde 2009, onde, além de atuar na graduação, desenvolve pesquisas que  procuram conciliar a prática musicológica com a prática interpretativa. Atua ainda no Programa de Pós-Graduação de Música, Criação e Expressão. É especialmente grande intérprete e divulgador do repertório musical dos séculos XX e XXI.

    O projeto cultural Medicina em Concerto  foi idealizado e implantado pelo professor Heitor Rosa, então diretor da Faculdade de Medicina da UFG em 2007, destinado a despertar e aprimorar na comunidade acadêmica o gosto pela música de qualidade, com apresentações musicais mensais. Aconteceu regularmente por seis anos, mas foi suspenso ao fim daquele período,  motivado  por reformas indispensáveis na área física do Teatro Asklepiós. Voltou este ano  e acontece regularmente a cada mês, sob a coordenação dos professores e músicos Consuelo Quireze e Fernando Cupertino.

     

  • Teste do Progresso/2018 na FM-UFG será em setembro

    Está programado para setembro próximo, no dia 26, quarta-feira, o Teste de Progresso (TP)  2018 adotado pela Faculdade de Medicina da UFG para avaliar o desempenho cognitivo dos alunos do Curso. Trata-se de uma avaliação longitudinal aplicada na graduação que, além aferir o desempenho cognitivo dos estudantes, alcança outras dimensões do processo de ensino-aprendizagem na formação do médico, como habilidades psicomotoras e de atitudes.

    Esse será o sexto ano de participação da FM/UFG no Teste, que será aplicado a todos os estudantes regularmente matriculados no Curso de Graduação em Medicina, desde os calouros do primeiro semestre até os internos do décimo segundo semestre.  A participação dos acadêmicos no Teste do Progresso  é pontuada para fins de  prova da Residência Médica na UFG.

    O Teste consta de uma única avaliação escrita, composta por 100 testes de múltipla escolha, com conteúdo abrangente ministrado por todas as disciplinas do Curso de Graduação em Medicina. Todas as questões serão contextualizadas com casos clínicos. A Comissão do Teste do Progresso 2018 está composta pelos professores Ana Maria de Oliveira (IPTSP-coordenadora), Adelair Helena (IPTSP), Alessandra Naghettini, Elisângela Lacerda (ICB), Yves Mauro Ternes (IPTSP), e Luciana Freire (Faculdade de Educação).

    Segundo a coordenador, Professora Ana Maria de Oliveira, que é docente do Departamento  de Medicina Tropical e Dermatologia (IPTSP) e que coordena o TP desde 2015, das análises após a aplicação do TP pode-se inferir sobre o conteúdo e estrutura curricular da graduação e o desenvolvimento/crescimento acadêmico dos estudantes.

    O teste dá ainda ao estudante a oportunidade de verificar a evolução de seu desempenho cognitivo nas diversas áreas do curso, servindo como instrumento de avaliação formativa e identificando problemas potenciais, o que possibilita correções para a melhoria contínua do estudante e do curso.

                        O TP 2018 é organizado pelo ABEM – Associação Brasileira de Educação Médica- Regional Centro-Oeste e o Consórcio do Centro-Oeste é composto por 21 escolas públicas e privadas situadas nos Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Tocantins. São participantes do Consórcio Centro-Oeste: Escola Superior de Ciências da Saúde- ESCS, Universidade de Brasília- UNB, Universidade Católica de Brasília- UCB, Universidade Federal do Mato Grosso/UFMT, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul- UFMS, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Universidade de Cuiabá-UNIC, Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD, Universidade Federal de Anhanguera- UNIDERP.

                                              E ainda Centro Universitário UNIEVANGELICA, Universidade Estadual de Mato Grosso-UNEMAT, Universidade de Rio Verde –UniVR- Aparecida de Goiânia-Universidade de Rio Verde –UniVR- Goianésia, Universidade de Rio Verde –UniVR- Rio Verde, Centro Universitário UniCEUB, FAHESA – ITPAC Araguaína, FAHESA- ITPAC Ipatinga-MG, FAPAC - ITPAC Porto Nacional, UNIVAG-Centro Universitário, Instituto Metropolitano de Ensino Superior/Univaço, UNIFAN – Faculdade Alfredo Nasser, FACIPLAC- Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central.

                                            Os programas de Residência Médica da UFG têm considerado a participação em Testes de Progresso um critério de pontuação na análise do currículum vitae  dos candidatos.  Quanto à divulgação dos resultados, os dados individuais do Teste de Progresso não serão divulgados de forma pública e cada estudante individualmente poderá, mediante a inserção de senha pessoal, ter acesso ao resultado do seu Teste de Progresso e da evolução de seus resultados (progresso) ao longo dos próximos anos.

     

     

  • Fórum de Prevenção do Suicídio se realiza dias 08 e 09 deste mês

                     A Faculdade de Medicina da UFG  vai sediar neste mês de junho, nos  dias 08 e 09,  o  I Fórum de Prevenção do Suicídio – Uma Tarefa para Muitas Mãos,  destinado a discutir esse tema com médicos, estudantes e demais profissionais da área de saúde, além de educadores, com palestras de renomados  especialistas,  oficinas de trabalho, rodas de conversa e depoimentos.  Já estão registradas cerca de 400 inscrições e se houver novos interessados, novas inscrições  podem ser feitas  no contato@prevencaodosuicidio.net.br.

                       O local do evento será o Teatro Asklepiós da FM/UFG,  onde acontecerá a sua abertura oficial na noite do dia 08, às 20 horas, feita pela presidente do Fórum, Professora Doutora Marta Franco Finotti. Haverá  uma apresentação musical, seguida de palestra especial  a ser proferida pelo Doutor Neuri José Botega, um dos um dos maiores nomes da área,   sobre “Contextualização do Suicídio na Atualidade: Retrato no Brasil e no Mundo”.

                       Como a programação é extensa, além do Teatro, as  Salas Especiais do primeiro andar da   Faculdade de Medicina também serão utilizadas  para abordagem  dos temas, em especial as oficinas e rodas de conversa, com a participação de pais e outros interessados. Estão programadas oficinas específicas para adolescentes e pré-adolescentes,  para estudantes de Medicina e também para professores.

      As principais palestras são:  Aprendendo a Lidar com  o Bulling;  Ferramentas de Monitoramento Parental da Internet de Adolescentes; Autoconhecimento  e Engajamento Existencial  e Checklist para Prevenção do Suicídio. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (62) 3285 4607.

     

  • Ver todas
    Ver todos